terça-feira, 17 de março de 2009

Homenagem ao Pai

Pai...
É aquele que nos dá a vida,
sem pedir nada em troca.
É quem cuida de nós, dando-nos amor e protecção.
É quem nos guia, até termos asas para voar...
Pai, é aquele que deixa de comer para nos dar,
é quem se levanta cedo, e vai trabalhar,
para nada nos faltar.
Pai, é quem nos dá um grande sorriso, e um forte abraço.
Pai, é quem brinca connosco, é quem diz sim, mas que também, diz não!
Pai, é aquele que mesmo não estando presente, tem sempre o filho , no pensamento, e no coração.
Pai é aquele que nos transmite tanto com o seu olhar...
transmite-nos amor, segurança, alegria...também, tristezas e preocupações,
são tantas as emoções!
Pai, é aquele homem que ri, que grita, e que também chora!
Pai, é um amor para toda a vida, é único, amigo e verdadeiro!!!
"Obrigado pai, por existir, e por me ter feito existir também!"
P.S-Dedico a todos os pais,e em especial ao meu:Manuel Nunes da Conceição
Ana Paula Mendes Nunes da Conceição Horta

Festa do Senhor dos Passos no Domingo

Mais um ano chegou, e com ele se apróxima mais uma festa (procissão) do Senhor dos Passos.
Mas, para grande tristeza minha, ao que parece, a sua casa (Calvário) ainda se encontra igual ao ano anterior...
Ou seja, se houve algum melhoramento ou não...não está visível.
Tristemente, o monumento do Calvário, ainda se encontra em constante degradação!!!
Nem as telas, que tanto frizei...nem o monumento foram restaurados .
Afinal,quem de direito,por que esperam? Já se esqueceram deste assunto,que no meu humilde entender, se trata de um assunto urgente...
Eu ainda não me esqueci, daí, estar novamente a falar no assunto, e espero também, que todos os amieirenses não estejam esquecidos, bem como todos os cidadãos interessados pelo património, pois só assim todos juntos, seremos uma só vós, fazendo da união uma grande força!
Houve quem dissesse, que seria preciso haver um bom mecenas...então, onde está esse bom mecenas, que poderá por um fim a todo este "Calvário"?!!
Se realmente existir este mecenas, então, por favor, que apareça, e que deste modo, possa salvar as telas, e o magnífico monumento, ou então que possa dar uma a juda a fazê-lo.
P.S-Aproveito, deste modo, para apelar a todos os amieirenses,residentes,não residentes,bem como a todos os amigos da Amieira,que nos dê-em o prazer da vossa presença,para mais uma procissão dos Passos,que se irá realizar já no próximo dia:29 deste mês de Março.
E não se esqueçam,que para a tradição não acabar,só depende de mim,de si,de todos nós!!!
O meu muito obrigado, e um grande bem-hája a todos os que irão contribuir com a sua presença.
Até à próxima...

Ana Paula Mendes Nunes da Conceição Horta

POETAS POPULARES DE AMIEIRA DO TEJO

Assim é a minha mãe...
É mulher alentejana
o seu nome é Maria
É mãe de cinco filhos
que são a sua alegria

Os seus olhos são verdes
a sua pele branquinha
Sempre muito coradinha
é o verdadeiro retrato
de uma alentejaninha

O seu cabelo está grisalho
vai ficando branquinho
São sinais dos tempos
de quem já percorreu um bom caminho

É divertida,alegre,e brincalhona
mas por vezes...
também um pouco refilona

Fala muito,e muito alto
Áh disso podem crer
Mas acreditem meus amigos
que dela,jamais se irão esquecer

De olhar e sorriso lindo
lá vai seguindo o seu caminho
tem em seu rosto marcado
o que tem sido o seu destino

E é assim a minha mãe
é filha,esposa,mãe,avó
É simplesmente mulher
mas tudo isto numa só
P.S-Com amor,dedico à minha querida mãe: Maria Antónia Estrada Mendes da Conceição
Ana Paula Mendes Nunes da Conceição Horta