quinta-feira, 17 de dezembro de 2009

ONDE PÁRA O ESPÍRITO DE NATAL?

Longe vão os tempos em que o Natal era a espera do menino Jesus. Hoje não, hoje esperasse a chegada do Pai Natal. Que pena!
O que é feito do espírito de Natal? Onde pára essa magia que nos acalentava a alma e o coração? Penso que já não existe, já se perdeu! E a culpa, é de todos nós!
Vejam só no que tornamos o Natal: Tornamo-lo em grandes correrias com entradas e saídas de centro comercial em centro comercial, criamos uma grande “dor de cabeça” a pensar no que dar uns aos outros, e toda esta azafama e angustia se arrasta muitas vezes até ao último dia antes do Natal.
Como se o Natal se resumi-se a bens materiais… não, não podemos continuar a viver Natais assim, ano após ano, enganando-nos a nós próprios e aos outros, porque é isso que acontece, é isso que vejo no olhar triste e aflito das pessoas, que correm de um lado para o outro á procura do presente ideal, e tudo isto, porque não sabem, ou simplesmente se esqueceram do verdadeiro sentido do Natal.
Quem não se lembra, quando outrora esperávamos ansiosos a chegada da meia-noite, para que pudéssemos colocar o menino Jesus no presépio… hoje espera-se apenas a chegada do Pai Natal, para vermos o que esconde cada prenda.
Será isto o espírito de Natal?
Não!!!
O Natal é feito sim, de afectos, calor humano, e acima de tudo feito de fé e esperança. É estarmos em família reunidos á volta de uma mesa em plena comunhão, esperando a chegada do menino Jesus “O Salvador”, para que este torne o nosso mundo melhor!
P.S: A todas as famílias, votos de um Santo Natal, recheado de Paz, Saúde e Amor!
Ana Paula Mendes Nunes da Conceição Horta