terça-feira, 6 de maio de 2008

Impressionante manifestação de pesar

NO FUNERAL DO PADRE JOSÉ FARINHA SERRANO
Era uma pessoa muito querida em Amieira do Tejo, o Padre Zé, um homem cuja bondade se manifestava em todos os seus actos. Pode até dizer-se que em cada amieirense tinha um amigo, tal era a sua disponibilidade enquanto exerceu em Amieira, a sua actividade.
Também o Grupo Cultural beneficiou e muito com a sua compreensão, pois era no salão paroquial que o Grupo de Teatro ensaiava e fazia as suas representações.
Mas, um dia, quando se deu a sua ida para os Envendos, onde nos últimos longos anos, fez também os seus habitantes felizes, com a sua maneira de ser, o povo de Amieira chorou a sua perda, pois nunca por aqui passou um Padre tão íntegro como ele.
Por isso não admira que o seu funeral fosse tão participado, não só pelas gentes de Amieira, como de Belver, S. José das Matas, Envendos, de onde saíram vários autocarros a caminho daquela aldeia do concelho da Sertã, de onde era natural p Padre Zé. Paz à sua alma!