sábado, 26 de abril de 2008

Assembleia Geral da Misericórdia de Amieira

Correcção de notícia publicada
Sobre a Assembleia Geral realizada no passado dia 8 de Março, importa corrigir uma notícia que não corresponde à verdade sobre a votação e discussão das contas do exercício de 2007, que foram aprovadas por unanimidade e não com um voto contra, como na altura escrevi neste jornal. Sobre o assunto quero apresentar as minhas desculpas.
Quanto à questão da correcção das contas de 2001, estas haviam sido corrigidas do reembolso efectuado. Assim, o resultado líquido positivo apurado e aprovado naquele ano é de mil setecentos e cinquenta e cinco euros e dezassete cêntimos, equivalentes a 351.869 escudos e 50 centavos.
Foi este exercício infuenciado pelo débito de doze mil e trezentos euros, passando o resultado a ser negativo no valor de dez mil quinhentos quarenta e quatro euros e oitenta e cinco cêntimos.
Auscultada a Assembleia Geral, esta aprovou o procedimento de correcção das contas, tendo o associado senhor Olívio Marques votado contra, referindo que pretendia, face às explicações dadas pelo senhor Provedor relativas ao tipo de gestão efectuada durante muitos anos, fosse feita uma auditoria às contas referidas.
O Provedor sobre esta intenção adiantou que não era da mesma opinião, já que a auditoria já havia sido feita por si e que estava na posse de todos os procedimentos irregulares de gerência efectuados ao longo dos anos e que uma auditoria externa não conduziria a resultado diferente do já conhecido.
Foi aqui que se registou o voto contra.
Jorge Pires in "Jornal de Nisa" - Nº 253 - 16/4/08