quarta-feira, 19 de dezembro de 2007

Balneários do campo de futebol foram vandalizados

Não há palavras para descrever tanta maldade e tanta falta de senso, de alguns jovens que, nas férias, frequentam a nossa terra.
Bem sabemos que há muito tempo o campo de futebol está às moscas, mas ainda assim os balneários não têm que ser estupidamente destruídos, não só porque é um património da nossa terra, como também por serem os jovens aqueles que mais o utilizam, sempre que, de quando em vez, se organiza alguma paródia futebolística..
Para além disso, alguns turistas que nos visitam em grupo é ali que vão tomar o seu duche.
Não sabem estes jovens que para além de estarem a destruir um bem de que eles são os primeiros beneficiários, estão também a “ir ao bolso” do Grupo Desportivo e Cultural da sua terra, a entidade que, por enquanto, é o seu responsável.
Cabe aqui perguntar, se não seria mais útil, se esses mesmos jovens utilizassem as suas forças e o seu “talento”, limpando o campo de futebol.
Depois, quando as coisas acabam, admiram-se de não haver cá nada onde passar os tempos livres...
É tão triste constatar, que aquilo que foi conseguido com tanto sacrifício, seja assim, tão cobardemente vandalizado.